O que é uma

fonte de solda multiprocesso?

Why multiprocess welding systems?

As Fontes de solda multiprocesso são usadas quando o equipamento controla mais de um processo de soldagem. A maioria das fontes de solda são equipadas para mais de um dos três processos: MIG/MAG, soldagem de eletrodos revestidos ou TIG. No entanto, elas não são dispositivos com multiprocesso automático. Para exemplificar, as características técnicas de um dispositivo MIG/MAG também permitem integrar o processo de soldagem de eletrodos revestidos (pouco esforço). Da mesma forma, a soldagem de eletrodos revestidos pode ser combinada com o processo de soldagem TIG. 

No entanto, na maioria dos casos, um dos processos reduz o desempenho, no que diz respeito à estabilidade do arco voltaico e ao desempenho da soldagem. Assim, a capacidade de multiprocesso "real" não pode ser usada. Primeiramente, quando uma fonte de solda pode soldar todos os três processos com o mesmo nível de soldagem é justificado o termo multiprocesso. Somente assim existe um verdadeiro valor agregado para o usuário, quando comparado a uma fonte de solda especializada em apenas um processo.

Desafio

Fontes de solda padrão x  multiprocesso

As fontes de solda são classificadas principalmente de acordo com o processo: MIG/MAG, TIG ou soldagem de eletrodos revestidos. Equipamentos que são especializados em um desses processos possuem funcionalidades diferentes e, portanto, podem oferecer o desempenho de soldagem máximo e facilidade de uso para o usuário. Para exemplificar, as fontes de solda TIG atuais possuem um módulo para a ignição de alta frequência. Nas fontes de solda de soldagem de eletrodos revestidos estão em primeiro plano as características de ignição e a alta estabilidade do arco voltaico. O equipamento MIG/MAG se caracteriza por inúmeras possibilidades de configuração. Isso possibilita que o arco voltaico e o cordão de soldagem sejam adaptados de acordo com a situação. Essas funções fazem com ele seja o primeiro equipamento especial para o processo atual. Por outro lado, em equipamentos multiprocesso, a flexibilidade da ferramenta está em primeiro plano: Não importa qual trabalho de soldagem é necessário, você sempre está preparado para ele. Além disso, os dispositivos são pequenos, versáteis e muito mais móveis do que os equipamentos padrão. Para poder combinar todas essas propriedades em um dispositivo, é necessário realizar concessões: Para exemplificar, existem funções adicionais, como a ignição de alta frequência, aumento de peso e mobilidade reduzida.

Solução

O que faz a diferença em uma boa fonte de solda multiprocesso?

A princípio, todos os três processos podem ser soldados sem uma concessão específica. Para isso, devem ser cumpridos alguns critérios:

  • Tensão de circuito aberto aumentada para uma boa característica de ignição MMA
  • Válvula solenoide de gás secundária para o modo TIG
  • Bucha TIG para a conexão da tocha de solda com fornecimento de gás interno
  • Arco pulsado para soldagem MIG/MAG TIG, embora não seja obrigatório, mas é um facilitador para fonte de solda TIG
  • TMC (TIG Multi Connector), para uso de uma tocha TIG U/D
  • Todos os três processos em um painel de comando
  • O controle deve possuir o controle de todos os três processos (ativação da válvula solenoide de gás, TMC para a tocha TIG U/D, regulação do motor para MIG/MAG, FSC para tocha U/D MIG/MAG)
  • Inversor de polos para o uso de arames autoblindados, que são soldados com polaridade negativa

Vantagens dos equipamentos multiprocesso

  • Flexibilidade nos processos
  • Compatibilidade com diversos materiais e espessuras de materiais
  • Custos de investimentos menores, não é necessário comprar três dispositivos diferentes
  • Menores despesas com treinamentos
  • Fonte de solda pode ser adaptada para a aplicação

Desvantagens dos equipamentos multiprocesso

  • Concessões parciais nos processos
  • Maior estrutura do equipamento, do que equipamentos com no máximo dois processos
  • Operação mais complexa com cada processo

Fontes de solda multiprocesso da Fronius

TransSteel 2200
  • equipamento multiprocesso: SOLDAGEM DE ELETRODOS REVESTIDOS MIG/MAG, TIG
  • Portátil e leve para uso móvel
  • Operação intuitiva e menu de navegação fácil
Saiba mais
TransSteel 2700
  • Diâmetro de arame de até 1,2 mm
  • Soldagem de intervalo e a ponto
  • Inserção de bobinas de arame D300
Saiba mais
TransSteel 3500c
  • 350 A em apenas 36 kg
  • Curvas sinérgicas de aço, alumínio, CrNi
  • Dispositivo de refrigeração FK5000 opcional disponível
Saiba mais

Detalhes sobre os diferentes métodos de soldagem

O processo de soldagem MIG/MAG é praticamente a base para um equipamento  multiprocesso. Os equipamentos MIG/MAG possuem uma estrutura maior, ou seja, outros processos são integrados nesses equipamentos de saída. Detalhes dos processos:

We think you are located in a different country

The country currently selected is Brasil. Would you like to stay on this page or do you want to switch to the local website?