Prevenção de explosão com oxi-hidrogênio em decorrência de gaseificação da bateria

No carregamento das baterias de chumbo usadas como baterias tracionárias em empilhadeiras elétricas, ocorre uma gaseificação por causa de reações químicas: a água no interior da bateria é eletrolisada em hidrogênio e oxigênio. Esse processo gera oxi-hidrogênio, que é altamente explosivo mesmo em pequenas quantidades.

„Safety First“ na estação de carregamento de baterias

A reação química na bateria pode representar um risco enorme aos funcionários localizados próximos a estações de carregamento de baterias. Acidentes decorrentes de explosões com oxi-hidrogênio podem sair caros ao operador, pois ele é responsabilizado pelas consequências em tais casos.


O inovador processo de carregamento Ri dos sistemas de carregamento de baterias da Fronius reduz a prejudicial sobrecarga da bateria a um mínimo. Assim a evolução de gás também é menor – e, consequentemente, o risco de explosão. A função „Charge End Delay“ também pode mostrar ao usuário um fim retardado do processo de carregamento. Assim o oxi-hidrogênio gerado obtém tempo suficiente para se diluir no ar ambiente. Isso aumenta bastante a segurança dentro e ao redor de estações de carregamento de baterias.


Também existe a opção de se adquirir um início/parada externa com pino-piloto, que impede a perigosa formação de faíscas na retirada do conector de carga. Isso evita explosões após o término do processo de carregamento no caso de haver se formado oxi-hidrogênio sobre a bateria. Assim as trocas de bateria ficam consideravelmente mais seguras.