Otimização de processos e prevenção de erros operacionais

Tempo é dinheiro – especialmente na intralogística. Por isso é importante otimizar ao máximo os processos de carregamento de baterias com o objetivo de maximizar a disponibilidade das empilhadeiras elétricas, a vida útil das baterias – frequentemente bastante caras – e a segurança dos funcionários.

Otimização de processos

Para a vida útil de uma bateria tracionária ser otimizada, é importante que os ciclos de carregamento ocorram do modo mais cuidadoso e periódico possível. No caso das baterias de chumbo, cargas parciais e intermediárias podem prejudicar sua capacidade e expectativa de vida. Apesar disso, elas fazem parte da rotina em muitas empresas: se o tempo de viagem de uma empilhadeira operada eletricamente não é suficiente para um turno completo, ela recebe um pouco de carga e fica rapidamente pronta para entrar em ação de novo. Em longo prazo, porém, isso provoca uma queda na disponibilidade do sistema de empilhadeiras elétricas e altos custos para a aquisição de novas baterias.

Os sistemas de carregamento de baterias da Fronius possuem uma função de agenda, através da qual o usuário pode configurar a seu critério uma fase de parada. Durante esse período, não é possível iniciar um carregamento – por exemplo, entre o início e fim de um turno. Isso evita as prejudiciais cargas intermediárias, prolongando assim a vida útil das baterias tracionárias.

Horas extras antes de feriados, picos no recebimento de pedidos ou cargas super pesadas? Em certos dias, as empilhadeiras elétricas precisam apresentar rendimentos especialmente altos. Mas e quando a capacidade da bateria tracionária – e, consequentemente, o tempo de viagem – não é suficiente? Sem a possibilidade de uma rápida e descomplicada carga intermediária, o sistema de empilhadeiras elétricas logo perde eficiência e o rendimento cai na intralogística.

Os sistemas de carregamento de baterias da Fronius oferecem ao operador a possibilidade de realizar cargas intermediárias de modo simples e direcionado. Para isso, os aparelhos possuem uma configuração para reconhecimento intuitivo de curvas características. Por meio de um botão, o usuário pode alternar entre os diferentes modos de carregamento – e selecionar uma curva característica especial para uma carga intermediária por exemplo. Isso prolonga os tempos de viagem e aumenta a eficiência.

Comércio de Natal, época de colheita, picos de produção: oscilações sazonais no grau de utilização da intralogística existem em todos os ramos. As baterias tracionárias das empilhadeiras elétricas também são exigidas em graus diferentes. Mas vários sistemas de carregamento de baterias não se adaptam a esses mudanças, o que traz graves consequências para as baterias.

Se a tecnologia de carregamento é projetada para utilização máxima, isso significa estresse para a bateria tracionária: os tempos de carregamento ficam indevidamente curtos, a temperatura da bateria aumenta perigosamente e a vida útil diminui. Em contrapartida, se o aparelho parte de um funcionamento normal, durante picos de produção os tempos de carregamento ficam longos demais e a bateria não é carregada por completo. Demoradas trocas de bateria ou cargas intermediárias são então necessárias, o que diminui a disponibilidade do sistema de empilhadeiras elétricas.

Por meio de display e teclado, os sistemas de carregamento de baterias da Fronius podem ser adaptados facilmente a diferentes cenários de aplicação. Isso garante que a bateria seja sempre carregada da maneira ideal e mais rentável. No caso de oscilações na produção, quando é necessário haver tempos de carregamento especialmente curtos ou cargas intermediárias, os aparelhos têm a opção de serem configurados com uma circulação de eletrólitos. Isso proporciona um carregamento equilibrado das placas e, consequentemente, uma utilização ideal da capacidade da bateria.

Quando as empilhadeiras elétricas são intensamente exigidas, é frequente o uso de uma circulação de eletrólitos (EUW) no carregamento das baterias tracionárias. Ela proporciona um processo de carregamento especialmente cuidadoso e frio, diminuindo a sobrecarga – isso prolonga a vida útil da bateria, principalmente no caso de cargas intermediárias periódicas. O tempo de carregamento também pode ser bastante reduzido desse modo, e a bateria fica pronta para ser utilizada de novo mais rapidamente. Com uma perda menor de água no carregamento, a circulação de eletrólitos possibilita também intervalos maiores de manutenção.

A pedido, os sistemas de carregamento de baterias da Fronius podem ser adquiridos com circulação de eletrólitos. Ela proporciona um carregamento equilibrado das placas e, consequentemente, uma utilização ideal da capacidade da bateria. Com a opção Air-Puls, é possível economizar até duas horas de tempo: nesse caso, a circulação de eletrólitos é estimulada por bombas pneumáticas. Essa solução é ideal para aplicações que requerem cargas intermediárias. Desse modo, não é necessário o uso de substituição de baterias na maioria dos casos.

Tempo é dinheiro – especialmente na intralogística. As baterias tracionárias de empilhadeiras elétricas que descarregam precisam ficar rapidamente prontas para serem utilizadas de novo – frequentemente em poucas horas. O tempo de carregamento padrão é de aproximadamente oito a doze horas, mas isso é lento demais para muitos usuários. Os fabricantes de baterias reagem a isso desenvolvendo tecnologias voltadas para uma carga rápida em menos de sete horas. No entanto, o esforço no processo de carregamento é bastante alto: carregamento rápido significa um elevado aquecimento e, portanto, estresse para a bateria. Isso reduz sua vida útil.

Com o inovador processo de carregamento Ri, os sistemas de carregamento de baterias da Fronius proporcionam um carregamento especialmente cuidadoso, prolongando assim a vida útil da bateria. Os carregadores permitem tempos de carregamento de cinco a seis horas sem problema. Eles também oferecem ao usuário a possibilidade de configuração de diferentes curvas características através do display, utilizando o teclado. Assim o usuário pode programar, por exemplo, processos de carregamento rápidos durante a semana e um carregamento lento, cuidadoso, para o fim de semana.

Para um carregamento rápido, a Fronius recomenda o uso de uma circulação de eletrólitos, que pode ser adquirida para todos os sistemas de carregamento de baterias Selectiva. Ela proporciona um carregamento equilibrado das placas e, consequentemente, uma utilização ideal da capacidade da bateria. Além disso, os carregadores da Fronius possuem a opção de „carregamento conduzido por temperatura“. Com essa opção, o usuário pode estabelecer limites para a temperatura máxima e mínima da bateria. Quando a temperatura se aproxima de um desses limites, o carregador emite um aviso. Se a temperatura crítica é ultrapassada, o aparelho interrompe o processo de carregamento para não danificar a bateria. Isso aumenta a segurança no carregamento rápido, prolonga a vida útil da bateria, deixando assim todo o sistema de empilhadeiras elétricas bem mais rentável.

Os operadores costumam ter vários tipos de empilhadeiras elétricas em uso – e também diferentes tipos de bateria, com diferentes tensões e capacidades. Para carregá-las, em geral também são necessários diferentes sistemas de carregamento de baterias – e diferentes conectores de carga. Mas isso demanda algum trabalho para que o funcionamento seja perfeito: os usuários precisam rotular com exatidão os veículos, as baterias e os carregadores para os funcionários conseguirem conectá-los corretamente. Além disso, os condutores das empilhadeiras elétricas precisam ser devidamente treinados para dominarem o manuseio dos diferentes sistemas de carregadores e conectores. Entre outras consequências, erros operacionais podem provocar uma redução da vida útil das baterias e da disponibilidade do sistema de empilhadeiras elétricas.

Uma padronização dos sistemas de carregamento de baterias pode ser uma ótima ajuda nesse sentido. Os sistemas de carregamento de baterias Selectiva da Fronius são flexíveis e carregam baterias com tensões de 24, 48 e 80 V. Graças ao reconhecimento automático da tensão, a curva característica do carregamento sempre se adapta à bateria conectada. Os carregadores também podem ser combinados com todos os usuais conectores. Isso facilita bastante o processo de carregamento: os funcionários podem conectar qualquer bateria a qualquer carregador. Assim as importunas rotulações e os trabalhosos treinamentos deixam de ser necessários e também se evitam erros operacionais devido a conexões erradas de bateria e carregador.

Para gerenciar baterias e carregadores de frotas de empilhadeiras elétricas, o operador costuma lhes atribuir um número de inventário. Em geral, esse número é colado no aparelho – mas isso tem algumas desvantagens: se o carregador não está montado no campo de visão dos funcionários, eles não conseguem vê-lo. Se o adesivo se perde, danifica ou desbota com o tempo, o carregador não é identificado ou só é identificado com dificuldade. No caso de algum distúrbio ou durante a manutenção regular, isso pode custar um tempo precioso.

Os sistemas de carregamento de baterias da Fronius oferecem ao usuário a possibilidade de registrar o número de inventário no aparelho. Em caso de necessidade, ele pode ser consultado e exibido no display de modo simples e rápido, por meio de um botão. Isso facilita a identificação e reduz o tempo dispendido em manutenções e reparações. A pedido, o número de inventário também pode ser registrado pela Fronius antes da remessa para facilitar ao usuário o processo de comissionamento.

Prevenção de erros operacionais

Os operadores costumam ter vários tipos de empilhadeiras elétricas em uso – e também diferentes tipos de bateria, com diferentes tensões e capacidades. Para carregá-las, em geral também são necessários diferentes sistemas de carregamento de baterias, pois nem todo carregador é compatível com toda bateria. Porém, isso gera problemas quando um funcionário conecta uma bateria ao carregador errado, pois a corrente de carga pode ser forte ou fraca demais naquele caso ou a curva característica errada pode ser utilizada. As consequências são uma vida útil menor das baterias e uma disponibilidade menor das empilhadeiras elétricas.

Para evitar erros na conexão, muitos operadores optam por uma rotulação sistemática de empilhadeiras elétricas, baterias e carregadores. Mas isso demanda um trabalho enorme. Os funcionários também precisam ser periodicamente treinados para conseguirem manusear os sistemas de carregamento de baterias sem dificuldade.

Os sistemas de carregamento de baterias Selectiva da Fronius são flexíveis e carregam baterias com tensões de 12 a 80 V. Com o reconhecimento automático de tensão para baterias de 24, 48 e 80 V, que pode ser configurado opcionalmente, a curva característica do carregamento sempre se adapta à bateria conectada. Isso evita erros operacionais devido a conexões erradas de bateria e carregador.

Outra otimização que pode ser realizada é a padronização dos conectores de carga. Os sistemas de carregamento de baterias da Fronius podem ser combinados com todos os usuais conectores. Um sistema de conectores uniforme para toda a empresa facilita o manuseio, na medida em que os funcionários podem conectar qualquer bateria a qualquer carregador. Isso proporciona processos enxutos e evita danos nas caras baterias tracionárias. A trabalhosa rotulação de empilhadeiras elétricas, baterias e carregadores também deixa de ser necessária.

Ao se desconectar uma bateria tracionária do carregador, pode ocorrer uma forte formação de faíscas quando o usuário não encerra o processo de carregamento antes. Isso queima e danifica o conector de carga. Altos custos de manutenção e uma falha temporária da bateria ou do carregador por causa do conector de carga defeituoso são as consequências geradas. O rendimento e a disponibilidade do sistema de empilhadeiras elétricas cai.

Os sistemas de carregamento de baterias Selectiva da Fronius podem ser opcionalmente adquiridos com um início/parada externa, que interrompe o processo de carregamento antes da retirada do conector de carga, evitando assim a perigosa formação de faíscas. O resultado: os conectores não podem mais ser danificados. Isso aumenta a segurança no carregamento das baterias e a disponibilidade de todo o sistema de empilhadeiras elétricas.
Na maioria dos sistemas de carregamento de baterias, o usuário precisa iniciar o processo de carregamento manualmente – por exemplo, pressionando uma tecla. Para isso, o carregador deveria ficar bem acessível, ao alcance do funcionário, o que nem sempre é fácil em espaços apertados. Também acontece bastante de o funcionário conectar a bateria mas se esquecer de iniciar o processo de carregamento. O resultado: no turno seguinte, a bateria não está pronta para ser utilizada, a disponibilidade e o rendimento do sistema de empilhadeiras elétricas caem.

Os sistemas de carregamento de baterias da Fronius podem ser configurados de modo que o processo de carregamento seja iniciado automaticamente, assim que o funcionário conecta a bateria ao aparelho. Não é necessário pressionar a tecla de início. Assim se tem a certeza de que a bateria está sendo realmente carregada. Casos de baterias não estarem prontas para uso devido a erros operacionais deixam de acontecer dessa maneira. A disponibilidade e o rendimento do sistema de empilhadeiras elétricas ficam garantidos.

Quando um sistema de carregamento de baterias alerta para algum erro que o funcionário não pode solucionar sozinho, é importante que apareça alguém competente para resolver o distúrbio de modo rápido e confiável. Mas encontrar essa pessoa nem sempre é fácil – especialmente em grandes empresas, os caminhos costumam ser longos, e nem todo funcionário sabe a quem se dirigir em tais casos de assistência. As consequências são caros períodos de paralisação e uma disponibilidade menor de todo o sistema de empilhadeiras elétricas.

De maneira proativa, os sistemas de carregamento de baterias da Fronius fornecem informações sobre o carregador, a rede de energia e a bateria conectada. O usuário tem a possibilidade de registrar um texto para ser exibido no caso de algum distúrbio. Isso podem ser os dados de um parceiro de contato interno ou de um especialista em assistência. O operador pode inserir todos os dados ele próprio ou recorrer a um texto pré-configurado. Quando ocorre algum distúrbio no aparelho, aparece o número de telefone ou endereço de e-mail da pessoa de contato, por exemplo, para o funcionário. Assim ele logo recebe ajuda e os períodos de paralisação podem ser significativamente reduzidos.

A globalização avança – e a intralogística é um de seus essenciais estimulantes. Cada vez mais empresas organizam seu fluxo de informações e materiais para além das fronteiras da sua cidade e país. Mas isso requer soluções de hardware e software que sejam entendidas em toda parte do mundo – não importa se o operador se encontra na Europa, na China, no Brasil ou nos EUA. E a tecnologia de carregamento de baterias para empilhadeiras elétricas não é exceção: instruções e avisos no respectivo idioma nacional ajudam a evitar erros operacionais, proporcionando assim mais segurança, confiabilidade e disponibilidade para todo o sistema de empilhadeiras elétricas.

Como forma padrão, os sistemas de carregamento de baterias da Fronius são fornecidos com diversas opções de idioma para o display, entre as quais o usuário pode alternar de modo simples e flexível. Isso facilita o manuseio. Os carregadores da Fronius também são apropriados como solução padrão para empresas com atuação internacional: um sistema de carregamento de baterias uniforme, igual em toda a empresa, proporciona mais transparência e reduz o índice de erros – para uma intralogística segura e eficiente.

Prevenção de erros operacionais – configuração simples no comissionamento

No processo de colocação de sistemas de carregamento de baterias em funcionamento, os operadores de grandes frotas de empilhadeiras elétricas costumam se deparar com o árduo desafio de configurar cada um deles. Isso custa um tempo precioso e gera o risco de erros de configuração.

Os sistemas de carregamento de baterias da Fronius possuem uma interface USB, com a qual é possível transferir todas as configurações facilmente de aparelho para aparelho. No processo de comissionamento, os especialistas da Fronius realizam a configuração de um carregador junto com o usuário ou disponibilizam os dados necessários por e-mail. Através de um pen drive USB, os dados são copiados para todos os outros aparelhos em pouquíssimo tempo. Isso gera uma programação confortável e unificada no comissionamento ou no caso de alterações nas exigências do cliente e economiza bastante tempo. Isso reduz os erros operacionais e proporciona uma tecnologia de carregamento segura e confiável.

A pedido, a Fronius também fornece os carregadores com configurações de fábrica personalizadas para o cliente. A configuração desejada já é implementada na produção. O usuário recebe todos os aparelhos pré-configurados e prontos para serem utilizados e não tem mais trabalho no processo de comissionamento.

We think you are located in a different country

The country currently selected is Brasil. Would you like to stay on this page or do you want to switch to the local website?