A mesma qualidade ponto a ponto Solda a ponto

Já no final do século 19, eletrodos de cobre foram usados para solda a ponto pela primeira vez. Então, o avanço industrial desse processo de junção não demorou a chegar. Desde os anos 1930, ele tem sido cada vez mais utilizado por fabricantes de automóveis em sua produção e tornou-se indispensável desde então.

A solda a ponto é simples, oferece eficiência energética e não requer nenhum gás de proteção ou material adicional. Não é sem motivo que esse é um dos processos de junção mais econômicos do mundo. O princípio baseia-se na corrente, que é conduzida através de um eletrodo com alta condutibilidade elétrica e baixa resistência térmica ao componente. A força que surge disso afeta a peça de trabalho: as chapas a serem unidas esquentam pontualmente no local de contato até o diâmetro da lentilha de soldagem desejado ser atingido – dessa forma, as peças de trabalho se fundem uma com a outra.

ONDE A SOLDA A PONTO É UTILIZADA?

A solda a ponto é utilizada em cerca de 80% dos casos nas aplicações de aço convencionais. Devido à alta tendência de construção leve – menos massa leva a um menor consumo de energia e emissões de CO2 – as exigências no processo de junção estão aumentando. Como resultado, cada vez mais alumínio é usado na indústria automotiva, que cobre cerca de 85% do mercado global de soldagem a ponto. A soldagem de alumínio representa um grande desafio. As características de soldagem diferem consideravelmente das do aço. Enquanto o aço derrete a 1500 graus, o revestimento de óxido que envolve o alumínio se liquefaz apenas em torno de 2.000 graus Celsius. Enquanto o alumínio mesmo derrete a cerca de 650 graus. A solda a ponto também é usada no setor ferroviário e em aplicações aeroespaciais. A Fronius possui diferentes sistemas de solda a ponto em seu portfólio: DeltaSpot com eletrodo de faixa intermediária e DeltaCon como sistema convencional de soldagem a ponto.

AS VANTAGENS EM APENAS UM PISCAR DE OLHOS

Se critérios especiais de superfície, pequenos respingos e conexões econômicas forem necessários durante o processamento, os sistemas de solda a ponto da Fronius são a solução certa. O sistema de soldagem a ponto DeltaSpot com cinta de processo de circulação é um processo global exclusivo, que garante uma qualidade constante ponto a ponto. Isto é especialmente importante na indústria automotiva, pois um carro geralmente possui de 4.000 a 5.500 pontos de soldagem. Com o DeltaSpot, é possível adicionar entre 4000 e 7000 pontos sem atraso e com a qualidade de superfície inalterada. Além disso, a cinta de processo protege o eletrodo contra a deposição de material, desgaste e contaminação. Com isso, o usuário economiza muito tempo e retrabalho. Pinças convencionais, por outro lado, tendem a deslocar os eletrodos, o que tem como consequência a perda de qualidade. No entanto, a alta rigidez do DeltaCon atua sobre isso e apresenta um deslocamento máximo de eletrodo de menos de 0,85 milímetros. Devido à alta rigidez e ao sofisticado controle de soldagem Fronius, é possível aumentar a vida útil dos eletrodos mantendo inalterada a alta qualidade.

Alta produtividade a baixo custo é um argumento decisivo a favor da solda a ponto. Não é sem motivo que o método de soldagem é considerado a tecnologia líder de mercado para a união de chapas finas. O impulsionador é claramente a indústria automotiva. Além das indústrias bem conhecidas, a Fronius já descobriu novos campos que também se beneficiam do já experimentado processo de junção – como a produção de sistemas de distribuição de energia e elevadores. Assim, as áreas de aplicação de solda a ponto continuarão a se expandir no futuro.

Fallback profile picture

» O que é especial nos sistemas de solda a ponto da Fronius? O cliente recebe o sistema completo de uma única fonte, desde a pinça até o controle. Nós entendemos o processo, a mecânica e a eletrônica. Isso faz com que seja para o cliente, pois em vez de procurar por diferentes fornecedores de pinças e controle, ele recebe o pacote inteiro de nós. «

Gerald Schmitt, chefe do gerenciamento de produtos de soldagem a ponto de resistência

DeltaCon

As pinças para soldagem a ponto convencional foram especialmente desenvolvidas para aplicações no setor de alumínio. Comparado ao aço, o alumínio apresenta uma resistência menor, o que requer maiores forças e mais altas intensidades de corrente para conectar os materiais. Devido ao alto nível de automação, o sistema é adequado para todas as linhas de produção.

DeltaSpot

O sistema de solda a ponto co m cinta de processo de circulação é único no mundo e ideal para juntas de aço e alumínio, bem como para juntas finas e de várias chapas. O sistema é ideal para peças de trabalho com um alto número de pontos, já que o DeltaSpot pode acrescentar até 7.000 pontos sem interrupção. Isso gera um efeito especialmente positivo no tempo do ciclo.