laserhybrid: as vantagens da soldagem TIG e de raio laser reunidas

A melhor capacidade de ponte e preparação fácil da costura - baixa aplicação de calor e alta velocidade

A soldagem LaserHybrid da Fronius combina o método laser com o método de soldagem MIG. Ela aproveita as vantagens de ambos os processos da melhor forma possível e cria sinergias. A alta velocidade de soldagem e a energia concentrada do laser podem ser aplicadas de duas maneiras eficientes, juntamente com o arco voltaico MIG: por meio da alta velocidade de soldagem na união de chapas finas ou por meio da penetração de solda máxima em materiais mais grossos.

É assim que funciona a soldagem LaserHybrid

Assim que o raio laser encontra a superfície da peça de trabalho, ele aquece a área correspondente para a temperatura de evaporação. O resultado é uma penetração de solda profunda e estreita. No processo do LaserHybrid, a necessidade de uso de energia cara é restrita quase que somente a este efeito de soldagem profunda, que também possibilita a união de chapas mais grossas. O consumo de energia restante cobre o processo MIG/MAG de baixo custo. Ele permite ao mesmo tempo, com seu eletrodo fusível, uma melhor capacidade de ponte. Como ambos os procedimentos parciais concentram sua energia na mesma área de processo, a profundidade e a velocidade da soldagem aumentam muito em relação ao procedimento individual. 

Possibilidades diversas de aplicação

O método de soldagem LaserHybrid é especialmente adequado para os setores nos quais os custos de investimento são rapidamente amortizados devido a grandes quantidades de unidades. Dentre estes setores estão, principalmente, a indústria automotiva e seus fornecedores, mas também fabricantes de caixas da bateria, tubulações e oleodutos. Com este método de soldagem de alto desempenho eles podem realizar a união automatizada de diversas peças de alumínio e aço, a uma velocidade de até oito metros por minuto. O LaserHybrid comprovou ser vantajoso para muitas aplicações de alumínio - por exemplo, em grandes tolerâncias de componentes e alta complexidade de preparação para a soldagem a laser. As vantagens da aplicação de calor relativamente baixa aparecem principalmente na união de materiais altamente resistentes. Ocorrem poucos sacrifícios na rigidez e a distorção térmica baixa garante componentes precisos.